“É triste constatar que assistimos – no Brasil, mas também em outros Países – ao retorno de Governos que se colocam contra o Povo, ao enxergarem a Constituição e seu sistema de garantias e seus programas de construção de liberdades e diminuição de desigualdades como obstáculo. No Brasil, não apenas no Governo Federal, mas igualmente nos Estados, em que políticos, aproveitando-se da insatisfação gerada pela crise econômica, mas igualmente da propaganda negativa, impelida pelo desvio de uso das instituições jurídicas de controle do Estado, especificamente uma parcela do Ministério Público e do Judiciário, que se voltaram a estigmatizar partidos democráticos, exagerando e, por conseguinte, deturpando o argumento da corrupção.

É o tema da breve Introdução de Alfredo Attié, Titular da Cadeira San Tiago Dantas e Presidente da APD, ao novo número da “Polifonia: Revista Internacional da Academia Paulista de Direito”, que conta, também, com importantes artigos.

A publicação se dá em 11 de agosto, dia de celebrar a Fundação dos Cursos Jurídicos no Brasil, em 1827. Na época, chamados de “Cursos de Ciências Jurídicas e Sociais”, foram instalados em São Paulo – onde permanece até hoje, no Largo São Francisco, na Faculdade de Direito, que faz parte da Universidade de São Paulo – e em Olinda, posteriormente deslocado para Recife, na, hoje, Faculdade de Direito de Recife.

BOA LEITURA!

Parabéns a Autoras e Autores, Revisoras e Revisores e Diretoria e Equipe da “POLIFONIA”!”