Os Núcleos e Centros de Pesquisa, Estudo e Extensão à Sociedade foram criados pelo Presidente da Academia Paulista de Direito, Alfredo Attié, por meio da Diretiva n. 4 de 21 de Julho de 2017.

Sua finalidade é a de desenvolver pesquisas e estudos relativos às várias áreas de conhecimento jurídico, em nível de excelência, para a reflexão e a prática de novos ramos e rumos do direito, visando ao aprimoramento da sociedade e ao diálogo com outros saberes, sejam tradicionais, artísticos, científicos, filosóficos, sob a égide dos direitos humanos, da democracia e da rule of law, o respeito ao direito dos povos, e em contato permanente com a sociedade, em sua diversidade, e seus movimentos e coletivos. Visam a associar a prática da pesquisa, dos estudos e da extensão, a uma postura de escuta e de promoção da liberdade de expressão (isegoria), no sentido de construção de uma cidadania democrática ativa e sempre crescentemente renovada.

Os vários Núcleos e Centros são vinculados a uma ou mais Cadeiras da Academia Paulista de Direito, sendo o/a Titular da Cadeira seu/ua Diretor/a e Coordenador/a Acadêmico/a, podendo designar coordenador/a/es/as para assessorá-lo/a no desenvolvimento das tarefas do Núcleo ou Centro.

Uma das principais contribuições dos Núcleos e Centros está em trazer para a Academia Paulista de Direito a contribuição e a participação de jovens, incentivando a criação de uma cultura de comprometimento científico, artístico, cultural e social,  a convivência democrática, em um ambiente de amizade, e o engajamento da Academia Paulista de Direito nos temas relevantes, de ponta ou de fronteira do Direito, seja nos campos em que o jurídico mais se tem desenvolvido, seja naqueles de maior comunicação ou de necessidade de maior integração com outros saberes, performances e práticas.

Sua criação é um marco de renovação e transformação da Academia Paulista de Direito, pondo-a como protagonista na construção da cidadania e de um espaço político ou público mais ativo, e na busca da felicidade (eudamonia., pursuit of happiness), no seio de um ambiente acadêmico que valorize as humanidades e as artes liberais.