Cerimônia de Instalação de novos Núcleos do CIDHSP/APD

Em 19 de outubro, em mais uma importante iniciativa da Academia Paulista de Direito, .foram iniciados os trabalhos, em posse solene, de mais dois Núcleos de Pesquisa, Estudos, Participação e Extensão à Sociedade, os chamados ACADEMIA PESQUISA (veja aqui).

Desde que criados os ACADEMIA PESQUISA, em 2017, pelo Presidente da Academia Paulista de Direito, Alfredo Attié, já são dez os Núcleos, cinco deles no interior do Centro Internacional de Direitos Humanos de São Paulo, vinculado à Cadeira San Tiago Dantas, CIDHSP/APD (veja aqui).

O número de pesquisadoras e pesquisadores cresce, assim como a qualidade do trabalho que se realiza na Academia Paulista de Direito. 

O Núcleos de Pesquisa do CIDHSP/APD são, até aqui, os seguintes:  I. Histórias, Narrativas e Memória (aqui, o projeto e os pesquisadores e pesquisadoras); II. Abordagens Contemporâneas (veja aqui); III. Dogmáticas (aqui); IV. Justiça de Transição (aqui, projeto e composição); e V. Democracia, Direito Internacional e Direitos Humanos (veja, neste link).

Em processo de criação, está o Núcleo VI. Lógica e Metódica dos Direitos Humanos, a ser coordenado por Rosier Batista Custódio.

A APD parabeniza os que tomaram posse, selecionados em processo difícil, certame público, com participação e aprovação de pesquisadoras e pesquisadores do Brasil e do exterior. Ligados por paixões comuns, realizando projetos e tarefas com seriedade, produzindo ideias e trabalhando textos, em novas relações com a sociedade, caminham junto com a Academia, em sua missão, sempre renovada (veja aqui).

O video integral da cerimônia e das palestras do Diretor, Alfredo Attié, e dos Coordenadores dos Núcleos III e V, Celso Santos e Matheus Presotto, do CIDHSP/SP, bem como da breve apresentação dos novos pesquisadoras e pesquisadores presentes, pode ser visto aqui, no TV ACADEMIA.

Ao encerrar a cerimônia, realizada na Trevisan Escola de Negócios, parceira da Academia Paulista de Direito, o Presidente da APD agradeceu aos Acadêmicos e Acadêmicas da APD, aos pesquisadores e pesquisadoras, Coordenadores e Coordenadoras, Diretora Executiva do CIDHSP/APD, e a todas e todos que vão participando e permitindo que esses sonhos se realizem, em conjunto com a sociedade, suas instituições, seus coletivos e movimentos.

Resistindo e transformando, a Academia Paulista de Direito está conectada com a pesquisa, a Democracia e os Direitos.