A Academia Paulista de Direito, representada por seu Presidente, e por meio da Cadeira San Tiago Dantas e de seus ACADEMIA PESQUISA – , assinou Convênio com a Università degli Studi di Camerino, representada por seu Reitor, e pela Professora Associada Maria Cristina De Cicco.

Brasão Universidade

O Acordo de Cooperação visa ao intercâmbio cultural, de pesquisa e educacional entre as instituições brasileira e italiana. Especificamente, A Academia e a Universidade buscam a troca recíproca de conhecimento, formação, pesquisa, informações, experiências e cursos, bem como a formação, desenvolvimento e competências teóricas e práticas, com o objetivo de aperfeiçoar os próprios sistemas jurídicos, buscam fornecer oportunidades educacionais e de pesquisa e formação por meio de cursos, seminários, intercâmbio e outras atividades.

O convênio faz parte dos esforços da atual gestão da Academia Paulista de Direito para implementar meios que facilitem e incentivem o exercício da pesquisa e a troca de experiências, especialmente pelos Núcleos e Grupos de Pesquisa, Estudo e Atividades de Participação e Extensão à Sociedade – ACADEMIA PESQUISA, também criados na atual gestão, expandindo o campo de atenção e atuação acadêmico.

A internacionalização da educação jurídica, afirma Alfredo Attié, Presidente da Academia, “é uma realidade que precisa de acompanhamento e disciplina, para possibilitar o enriquecimento da ciência e da prática do direito, das ciências sociais e das humanidades. Deve extrapolar a procura dos cursos de especialização, chamados de LLM, no universo de língua inglesa, em que os estudantes são meros espectadores de doutrinas previamente construídas, para que o intercâmbio se estabeleça como verdadeira interação, ou participação e  esforço recíproco de construção científica e cultural, visando ao enriquecimento do direito e dos termos de convivência entre as comunidades acadêmicas e os povos.

No final do mês de novembro, a Academia Paulista de Direito participará de evento organizado pela Scuola di Giurisprudenza da Universidade italiana, sob a égide da Cátedra Unesco.

A Universidade de Camerino foi fundada em 1336, como Studium Generale, passando a, em 1727, Universitas Studii Generalis, por ato do Papa Benedito XIII. Em 1753, seus diplomas tiveram sua validade reconhecida em todo o chamado Sacro Império Romano, por deliberação do Imperador Francisco I de Habsburgo-Lorena, e, em 1958, tornou-se universidade pública.

Universidade

Além dos cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado em Direito e em várias áreas do conhecimento, incluindo ciências da natureza, humanas e formais, a Universidade conta com Escola de Estudos Avançados, que inclui os temas da formação jurídica e do direito civil.

A Academia Paulista de Direito sente-se honrada com a distinção desse convênio, e envida esforços para a realização de acordos que permitam a concretização de sua missão, sempre com instituições assim de alta qualidade e comprometimento sério com o futuro da educação, da pesquisa e da extensão de atividades à sociedade internacional.